O Coração do Gaúcho

Gaúcho da Fronteira

Eu recebi uma notícia
Que o gaúcho da fronteira
Andou tendo uns piripaques
No fim duma sexta-feira,
Que o coração do gaúcho
Que é um coração de primeira,
Numa atitude sem luxo
Quase que fez o gaúcho
Se enredar nas boleadeiras.

E eu como sou amigo,
Dessa jóia brasileira,
Fiquei muito preocupado
E me bateu uma tremedeira.
Então, eu sai correndo
Por essa cidade inteira,
Procurando um coração
Que lhe de condição
De concertar a porqueira

Uns queriam dar dinheiro.
Outros, fazer oração.
Mas coração ninguém dava,
Sempre a resposta era não.
E se dependesse deles,
Nós íamos ficar na mão.
E eu aprendi, nesse entremeio,
Que o nosso mundo está cheio
De gente sem coração.

Pensei em te dar o meu,
Que eu sou um amigo de fé,
Mas logo vi que não dava.
E vou te explicar porque é.
Eu sendo assim como sou,
Sou igual ao que tu é,
Sofro da mesma aflição
E não lhe dou meu coração
Porque eu já dei para uma mulher.
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist?simnão

    feedback