A utilidade do dedo

Gaúcho da Fronteira

Hoje comecei a pensar
Pra desvendar um segredo
Das tantas utilidades
Que pra gente tem os dedo
Pra tocar violão e gaita
Não tem maiores segredos
Por mais floreio que faça
Entre eles nunca me enredo
Pra qualquer gesto ou sinal
É muito importante o dedo

Mas olha o dedo que dedo
A utilidade do dedo (2x)

Sei até que certa gente
Já pensando maldade
Só porque eu falo do dedo
E da sua utilidade
Mas quem pensa e analisa
Vai ver que é uma realidade
Se a gente ta no escuro
Em qualquer dificuldade
Primeiro se leva o dedo
Pra procurar claridade

Mas olha o dedo que dedo
A utilidade do dedo (2x)

Tem dedo curtinho e grosso
Outros fininho e cumprido
Tem dedo que nem se mexe
E outros dedos tão metido
Comigo está tudo certo
Se eu estou com o dedo erguido
Meu pai me apontava o dedo
Por sinal muito sabido
Mostrando-me o rumo certo
Que devia ter seguido

Mas olha o dedo que dedo
A utilidade do dedo (2x)

Tem dedo que prova sopa
Tem dedo que tempera molho
Dedo que buzina carro
E algum que planta repolho
Tem o dedo da lavadeira
Que passa o dia de molho
Pai de todos fura bolo
Meio gordo ele mata piolho
Mas o que eu quiser atiro na ponta
Bem na pontinha do dedo
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist?simnão

    feedback