Fonte No Deserto

Vanilda Bordieri

Era um dia de festa para Abraão
Isaque, seu filho, Sara desmamou
No meio da festa zombava Ismael
E Sara vendo a cena se incomodou
Uma dura decisão Abraão tomou
Com lágrimas nos olhos ele então falou
Filho, da minha casa você tem que ir
Te amo mas lamento, sua hora chegou

Quem sabe Ismael ao seu pai abraçou
Não me deixes ir embora, eu peço por favor
Abraçado ao seu pai talvez a insistir
Não me deixes ir embora, eu quero ficar aqui
Oh, que dura decisão tomou Abraão
Despedindo o seu filho, que situação
Filho, eu te amo mas você tem que sair
Te amo, meu filho, mas você precisa ir
Leve um pouco de água e um pedaço de pão
Pôs sobre os ombros de Hagar e o despediu então

E lá foi Ismael, levado para o deserto
E lá foi caminhando errante com passos incertos
E lá foi ser curado pelas mãos de sua mãe
E lá foi se sentindo abandonado e tomado pela dor
Talvez viu sua mãe em desespero tentando ajudar
Mas quem vai para o deserto, vai com Deus se encontrar
De repente sua mãe se afastando
Ismael pensou: Não bastasse o meu pai me abandonar
A minha mãe me abandonou
E chorou, e chorou, mas Deus lhe ouviu

Tem uma fonte no deserto pra você
Tem uma fonte de água pura, vem beber
Tem uma fonte, foi Deus quem te preparou
Você não morre no deserto, pode crer
Tem uma fonte no deserto pra você
Tem uma fonte de água pura, vem beber
Tem uma fonte, foi Deus quem te preparou
Você não morre no deserto, pode crer

No deserto, Deus abre os seus olhos

Tem uma fonte no deserto pra você
Tem uma fonte de água pura, vem beber
Tem uma fonte, foi Deus quem te preparou
Você não morre no deserto, pode crer
Tem uma fonte no deserto pra você
Tem uma fonte de água pura, vem beber
Tem uma fonte, foi Deus quem te preparou
Você não morre no deserto, pode crer

Tem uma fonte pra você
Tem uma fonte pra você!
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist?simnão

    feedback