Cantiga Por Francisco

Padre Zezinho

Meu amigo deixou seu dinheiro
Sua herança e os direitos que tinha
Era jovem demais o menino!
Disse o pai, o vizinho e a vizinha
Meu amigo encontrou a verdade
E em seu rosto banhado de luz
Pelas ruas de sua cidade
Meu amigo imitava Jesus

Irmão vento, irmão sol, irmã lua
irmão lobo, tu és meu irmão
Rouxinol, sabiá, criaturas de Deus
Somos obras de suas mãos

Meu amigo viveu sem ter nada
Por esposa escolheu a pobreza
Era jovem demais o menino!
Não podia ter tanta certeza
Foi assim que ele abriu um caminho
Para quem quer viver só de amor
Não ficou muito tempo sozinho
Gente nova o seguiu com fervor

Irmão vento, irmão sol, irmã lua
Irmão lobo, tu és meu irmão
Rouxinol, sabiá, criaturas de Deus
Somos obras de suas mãos

Hoje em dia nos jovens que eu vejo
Irrequietos, num mundo infeliz
Eu renovo a esperança e o desejo
De topar com Francisco de Assis
Calça Lee, pé no chão, mundo novo
Mil ideias de renovação
Eles são consciência do povo
Queira Deus que eles cresçam irmãos

Irmão vento, irmão sol, irmã lua
Irmão lobo, tu és meu irmão
Rouxinol, sabiá, criaturas de Deus
Somos obras de suas mãos
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist?simnão

    feedback