Barraco

Molejo

Lá lá iá lá iá lá iá lá lá iá lá iá lá ia

Toda boa minha patroa, que beleza de mulher
É cheirosa, carinhosa, samba na ponta do pé
Sai comigo de mão dada, mas tem que ser na hora marcada
Toda sexta no pagode ela não dispensa uma gelada,
Mas se eu chego atrasado, ela fica invocada,
E ela faz eu pagar mico, na frente da rapaziada

Eu confesso que é meu fraco quando ela faz barraco,
Mas o mico eu quem pago

Outro dia no açougue a minha cara foi no chão
Deu um show na padaria só porque não tinha pão
Já brigou com taxista e motorista de buzão
Deu porrada na aeromoça, xingou o piloto do avião

Eu confesso que é meu fraco quando ela faz barraco
Mas o mico eu quem pago

Já torceu pro time errado de pirraça no meu futebol
Discutiu com o doutor que catarata era terçol
Qualquer tumulto que ela arruma ela diz que vai passar o cerol
Mas apesar de tudo isso, to tranquilo ela é meu sol

Eu confesso que é meu fraco quando ela faz barraco
Mas o mico eu quem pago

Lá lá iá lá iá lá iá lá lá iá lá iá lá iá

Toda boa minha patroa, que beleza de mulher
É cheirosa, carinhosa, samba na ponta do pé
Sai comigo de mão dada, mas tem que ser na hora marcada
Toda sexta no pagode ela não dispensa uma gelada,
Mas se eu chego atrasado, ela fica invocada,
Ela faz eu pagar mico na frente da rapaziada

Eu confesso que é meu fraco quando ela faz barraco
Eu confesso que é meu fraco quando ela faz barraco

...minha nega é assim mesmo, dá bandão,
bota dedo na cara, puxa o cabelo.
Mas eu gosto à papas
Eu confessso...
Fazê o que?
Comeu a carne Neguinho, tem que roer o osso
O que acontece comigo??
Mas o mico eu quem pago!
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist?simnão

    feedback