Amor Desprezado

Tonico e Tinoco

Tristeza mora no peito
De um amor desfeito
Só fica a paixão
É farço teu juramento
Tudo é fingimento
Tudo é ingratidão
Choro aqui no meu ranchinho
Da triste recordação
Teu despreso me condena
Você não tem pena
Do meu coração

Alembro que ela foi embora
O meu peito chora
Tudo me martrata
Só a lua me consola
Cobre a minha vióla
Com lençor de prata
O meu triste desengano
Foi amar aquela ingrata
E na hora da partida
Fiz a despedida
Numa serenata

Ela me deixou sozinho
Neste meu ranchinho
E foi prá cidade
A saudade pouco a pouco
Mata este cabloco
Sem ter piedade
Quando eu óio teu retrato
Teu sorriso é farcidade
Sómente minha vióla
É que me consola
Da triste saudade

O amor que não comprende
Chorando arrepende
Do erro que fais
Deixando o peito maguado
Amor despresado
Não esquece mais
Coração sofre calado
Soluço prá longe vai
Vive da triste lembrança
Não perde a esperança
Sofre os dois iguais.
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist?simnão

    feedback