Juizo de Papel

Teixeirinha

Juízo de papel
--------------------------------------------------------------------------------




Trocaste o céu pelo inferno meu amor
Não tenho culpa do negócio que tu fez
Trocasse o anjo teu zeloso guardador
Pelos perversos que no céu não terá vez.

Estou tranqüilo, com a consciência em paz
Tudo eu fiz para livrarte dos famintos
Eles invejam o teu nome e o teu cartaz
Mas fui vencido pela infâmia dos malditos.

Coro

Depois que eles destruir tudo o que tens
Irão embora satisfeitos com a vingança
Não terás lar, não teras nada, nem o nome
Te restará só a desgraça como herança.

Se tens certeza que a te amo com fervor
Porque não ouves a voz do teu coração
No peito amigo a onde reina um puro amor
Não tem perigo, dali não vem a traição.

Mas tu não ouves quem te ama e quem te adora
Só ouve aqueles que invejam o nosso amor
Estes covardes prá vingar fingir que chora
Tu és mais fraca, querem te matar de dor.

Te junte a mim e que venham temporais
Eu sou mais forte eles temem a hombridade
Terás o céu aonde mora um anjo bom
E o nosso amor só será felicidade.

Cabeça fraca o teu juizo é de papel
Há muitos anos tu já foste uma infeliz
Teu coração também amarga como o fel
Escurrassaste o anjo bom que bem te quiz.

Gravas na mente a previsão que estou fazendo
Como vai ser tua vida logo mais tarde
Eu não desejo ver-te nunca padecendo
Mas é o desejo dos teus amigos covardes.

Quando a miseria te rondar mulher ingrata
Falsos amigos nesta hora te esquece
O teu pecado foi mortal, não tem perdão
Talvez também o anjo bom não aparece.
Fim.
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist?simnão

    feedback