Lobo Amante

Sula Miranda

Vejo uma estrada e um caminhão
Motor pulsando como pulsa um coração
A lua cheia lá na amplidão
Lança seus raios na passarela do chão
Lindo brinquedo, que na serra serpenteia
Seja no barro ou na areia
Nunca perde a direção
Seu motorista, mergulhando na quimera
Na saudade vira fera
Vinga na aceleração

Vai lobo noturno
Uivando nas entranhas do sertão
Vem meu lobo amante
Voce abraça o volante
Que abraço a solidão

Uma lembrança, uma ilusão
Me queima o peito, na ansiedade da paixão
Amor distante uma canção
Me Faz em sonhos te buscar na cerração
Cantem pneus nas paralelas do asfalto
Que as estrelas vem do alto
Refletirem no trucão
Avance a noite, sob este farol da lua
Quem te espera, é toda sua
Corpo, alma e coração.
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist?simnão

    feedback