Rumo Ao Calvário

Sofia Cardoso

Caminhava Jesus rumo ao calvário
Arrastando a cruz que triste cenário
Chegando ao Gólgota o crucificaram
Pregaram seus pés e suas mãos
E o levantaram
Jesus teve sede lhe deram vinagre
Mas provando Ele não bebeu
Lançaram sorte nos vestidos seus
Numa placa escrito estava: rei dos judeus

Que agonia que sentia
Por mim o filho de Deus
Que agonia que sentia
Por mim o filho de Deus
Quem devia sofrer na cruz era eu

Ao seu lado estavam dois condenados
O fariseu e o sacerdote murmuravam
Desce da cruz se tu és filho de Deus
E Jesus olhando pra Eles assim falou:
Pai perdoa-lhes, pois não sabem o que fazem
Nesse instante um dos ladrões o suplicou
Lembra-te de mim quando entrares no teu reino
Respondendo Jesus: estarás comigo no paraíso

Que agonia que sentia
Por mim o filho de Deus
Que agonia que sentia
Por mim o filho de Deus
Quem devia sofrer na cruz era eu
Quem devia sofrer na cruz era eu
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist?simnão

    feedback