Entre Rios

Pedro Ortaça

Entre Rios


No Paraguai em meio à mata navegando vai,
Sonham prata de águas serenas
E de barrancas morenas
Breve estará sulcando o leito azul do Paraná
Sentido sul rumo ao fim de semana
Com sua entre-riana

Desde el tchaco vem pensando em seu bem
Traz para a namorada saia rendada

Do rio peão passou a infância atrás de um timão
Rio é a estância, a barca é seu cavalo
E sabe como domá-lo
Sabe também da água turva que perigos vem
E cada curva lhe aviva a lembrança
Das curvas que a china tem.
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist?simnão

    feedback