Canção de ninar

O Cubo

me deixe dormir
pra não sentir dor
não mais parar
nao olhe para traz

ja dizia o amor
e agora o q restou
pra mim?
me deixe sonhar

olhamos em direções opostas
o destino no pegou de longe
mas mesmo assim te dei aquela flor
tão cego quanto eu agora posso ver

agora somos quase imperfeitos
somos feitos de algo mais
agora há pouco eu pude acreditar
sonhei ... chegou a hora de sonhar

derrubei todas as promessas
só pra ver por traz dos olhos de quem amou
diz pra mim
tão derrepente os sonhos vão
mas sem parar

canto novamente a canção
te faço dormir e sonhar
uma canção de amor

só canção de ninar
canção de ninar

não tenha medo do escuro
não tenha medo de acordar
nada vai mudar

(poesia)

era uma vez sentir
era sempre tão fragil como a dor
era uma lagrima q caia
e ninguem via
foi um tempo de lembranças
um tempo em que amar nao era medo
e sorrir destruiu a solidão

o vento as vezes sopra forte
mas dessa vez ele esqueceu um cara ali no chão
voltou atras e soprou mais forte
de nada adiantou
ele amava
isso o confortava
o fez ficar ali parado durante horas
como uma flor ele aos pouco foi enfraquecendo
ele aos pouco foi descobrindo q valeu a pena
ele voou com o vento
mas não era apenas mais um cara
ele agora amou
ele agora
simplesmente amou
voou tão longe
q talvez só seus olhos possam ver
voou voou voou sonhou um pouquinho mais
o q os fez tornarem se imperfeitos
fez com que agora o amor virasse medo
e se tornou real
como uma canção de ninar quando eramos crianças
sempre vai estar presente
como num conto de fadas
sempre havera um arco iris
reflete só um tempo q passou
e agora mesmo no fim
nada vai mudar
nada
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist?simnão

    feedback