Caçada de Veado

Moraezinho

Fui fazer uma caçada a poucos dias passados
Paguei minha espingarda e o meu cachorro pestiado
Meio mal de munição, mas muito entusiasmado
Entramos num cafundó dizia ser assombrado
Meu cachorro levou um susto quando tropeçou num veado.

Corre pulando que bicho danado
Aquele bicho é o tal de veado.

Não pude atirar de frente, atirei meio de lado
Não deu pra matar o bicho, mas deixei meio pirado
Pensei em dar mais um tido, mas fui meio azarado
O bocó da munição por azar tinha furado
Sai eu e meu cachorro correndo atrás do veado.

Cruzamos coxilha e várzea e entramos num banhado
Meu cachorro meio fraco ficou no barro atolado
Pega, larga, upa e vamos oigate bicho danado
Eu já de língua de fora quase morto de cansado
Parece furacão correndo atrás do veado.

Em vez de fugir pro mato o bicho apavorado
Se embretou num corredor saímos noutro lado
Na primeira sinaleira nós dois passamos picado
O guarda prendeu o grito com os olhos arregalados
Olha lá o Moraezinho correndo atrás de um veado.

Nisso a policia me ataca ali mesmo fui multado
Ai me queixei pro guarda que ele achou muito engraçado
Já que você me multou porque não multa o veado
Estragou minha caçada, me deixou desacordado
Por isso não caço mais, nem corro atrás de veado.
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist?simnão

    feedback