Sonho Aventureiro

Lázaro Ramos

Tô de partida
Desarmado e no peito o coração
Não levo nada, deixo um sonho
Aventureiro de emoção

Esqueço tudo
pra viver livremente nova paixão
Vagando afora encontro o mundo
Como um livro aberto esperando a lição

Foi por amor
Todo esse tempo que construí
Tudo que passou e me fez sentir
Momentos de felicidade

Ao longe
A saudade apertou a dor
uma navalha cega e o amor
Deixou em pedaços de bondade

Ao longe
A saudade apertou a dor
uma navalha cega e o amor
Deixou em pedaços de bondade

Da vida sou pioneiro, meu amor
Faço do prazer o primeiro, sedutor
Te quero de corpo inteiro
Pra que o sonho conquiste o luar

Da vida sou pioneiro, meu amor
Faço do prazer o primeiro, sedutor
Te quero de corpo inteiro
Pra que o sonho conquiste o luar

Vem, vem, vem
Se balançar meu bem
Vem, vem, que o araketu tem
Tem o dom de eternizar
Toda fonte de luz
Que é pra gente se amar

Vem, vem, vem
Se balançar meu bem
Vem, vem, que o araketu tem
Tem o dom de eternizar
Toda fonte de luz
Que é pra gente se amar
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist?simnão

    feedback