De Alma Campeira

Grupo Candieiro

Cheguei de espora num bailezito de rancho
Pois sou carancho pras patacuada que vou
Por ser campeiro me entrevero na folia
Velha mania do tipo à toa que sou

Topei chegada e dei de mão numa pinguancha
Abrindo cancha na marcação da vaneira
Semana véia changueando com os potro ata
Nova empreitada nas unha das fandangueira/

(E a gaita e a gaita vai a gaita vem num sarandeio
Entreverado no meio retalhando a porvadeira
A meia luz do candieiro, no garrotear do gaiteiro
Baila a minha alma campeira)

Se a barra é buena a noite vai campo afora
Galopa as horas num compasso galponeiro
Remancho as ânsias dos viventes da campanha
Não trago a mãnha desses moços do povoeiro
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist?simnão

    feedback