Travessuras

Flávio Leandro

Tá na cabeça do sonhador
Nas asas do beija-flor
Corre na veira do cantador
Travessuras, piruetas!
Quem é que nunca atirou de baladeira
E na carreira uma vidraça quebrou
Quem é que nunca riscou toda uma parede
Que não fez xixi na rede,
Que nunca se lambuzou
Quem é que nunca construiu uma arapuca,
Fundiu a cuca pensando como era o sol,
Quem é que nunca jogou pedra no telhado,
Não ficou enamorado com os tons do arrebol
Quem é que nunca maqueou-se de palhaço,
Quebrou o braço, fez caretas e sonhou
Quem é que nunca pegou pau para bodoque
Que nunca tomou um choque, brincou de fazer amor
Quem é que nunca soltou pipa ou papagaio,
Fugiu do raio como quem foge do mar
Quem é que nunca brincou de bola de gude
Buscou em cada atitude um momento para amar
A vida, um sonho bom
Saudade tá dentro do peito
Voltar no tempo não tem jeito
E agora.
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist?simnão

    feedback