Invicto

Filipe Ret

Nasci pra vencer, não ferra
É difícil manter minha alma na terra
Hoje vou me perder, me encontrar
Botar pra fuder, vvz não erra

Levada enjoada
Neguinho magrelo, cabeça raspada
Com jóia no pescoço, te dá raiva
Virei uma máquina de fazer invejoso

Às vezes sou escroto, não nego
Novo luminoso mas sem ego
Cheio de mel, reluzente no flow
Finalmente chegou o verdadeiro revel

Sou mais um réu, réu
Da pista querendo conquistar
Multidões, bebendo, fumando, rindo
Ostento minha contradições

Vivo depressa em outro nível
Só o impossível me interessa
Sigo invicto meu amor
Sigo invicto invicto

Soltando a voz eu to melhor agora
Prosperidade pra nós que vivaz decola
Estilo revel, vagabundo
Queremos o mundo e queremos agora

Eu vejo um futuro lindo
Vamo reinar, vamo vencer
Agora tudo tá fluindo
To com o do bom pra queimar e o melhor pra beber

Hoje vou chegar oferecendo um gole
Ela tá me dando mole e vai entrar na dança
Já to na esperança de um novo dia
Quem diria a alegria é a melhor vingança

Audaz, revel, vivaz
Dançando com o caos, namorando com a paz
Audaz, revel, vivaz
Dançando com o caos, namorando com a paz

Vivo depressa em outro nível
Só o impossível me interessa
Sigo invicto, meu amor
Sigo invicto invicto

Vivo depressa em outro nível
Só o impossível me interessa
Sigo invicto, invicto
Sigo invicto, invicto
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist?simnão

    feedback