Paixão Dupla

Daniel

Ó meu Deus que mãe bonita,
Ó meu Deus que filha linda.
Mulheres iguais à elas no mundo
Não vi ainda

São belezas diferentes
Que só o poeta revela,
A filha morena clara
A mãe é cor de canela.

Uma tem os olhos verdes
A outra olhos castanhos,
Distante vivo sonhando
Com amores que eu não ganho.

Ó meu Deus que mãe bonita
Ó meu Deus que filha linda.
Mulheres iguais à elas no mundo
Não vi ainda.

Se eu me casasse com as duas
Ó meu Deus que maravilha,
Vivia num mar de rosas
Nos braços de mãe e filha.
A lei dos homens não deixa
E a lei de Deus também.
A dupla paixão me mata
E culpa as duas não têm.

Ó meu Deus que mãe bonita,
Ó meu Deus que filha linda.
Mulheres iguais à elas no mundo
Não vi ainda.

Para um mar do desengano
Eu rodo num rio de pranto.
Na praia da solidão
Eu vou viver num recanto.

Com poucos dias de vida
Meu sofrimento é tanto.
No adeus da despedida
Pras duas assim eu canto.

Ó meu Deus que mãe bonita,
Ó meu Deus que filha linda.
Mulheres iguais à elas no mundo
Não vi ainda.
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist?simnão

    feedback