Conselho de Patrão

Cacique e Pajé

Eu só tinha vinte anos
Mas já fazia meus planos cada vez mais confiante;
Num lindo dia de sorte
Numa firma muito forte fui ser o representante.
Meu patrão um milionário
Pagava um bom salário me ajudava bastante
Trabalhava e estudava
Nas folgas eu namorava uma moça importante.

Mas a moça era nobre
E eu era um moço pobre, meus dias foram terríveis
Passei desgosto profundo
Por saber que nosso mundo não era do mesmo nível.
Namoramos em segredo
As vezes eu tinha medo do nosso amor impossível
Mas um homem apaixonado
Vendo a sorte do seu lado se torna quase invencível.

Um certo dia ao patrão
Com bastante intuição fui dizendo meu dilema
Me falou com segurança
Encomende as alianças o amor é graça suprema.
Fale com essa donzela
De um drible no pai dela eu resolvo seu problema
Tracei meu pleno certeiro
Meu patrão me deu dinheiro eu fugi com a Iracema

Foi assim que eu me casei
Consegui o que sonhei hoje só tenho alegria
Deixei de viver solteiro
Hoje sou mais um herdeiro daquela rica família.
Tenho amor, tenho riqueza
Mas eu tenho certeza que meu patrão não sabia
Que a minha pretendida
A minha Deusa escolhida era a sua própria filha.
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist?simnão

    feedback