Paga de Santinha

Cácio e Marcos

Dia de semana ela se finge de santinha
Posta coisas lindas, mais parece uma menininha
Durante o dia fala o que aconteceu
E termina a noite com Caio Fernando de Abreu

Essa mina tem segredos, vou falar, não tenho medo
Ela não liga pra nada
Chega o fim de semana, ela esquece da sua fama
E cai dentro da balada

Essa mina é louca, bebe, vira outra
E dança pra todo mundo ver
Esse é seu esquema, também seu dilema
Hoje a filha chora e a mãe não vê

Essa mina é louca, bebe, vira outra
E dança pra todo mundo ver
Esse é seu esquema, também seu dilema
Hoje a filha chora e a mãe não vê

Eu já tô cansado dessa conversa fiada
Com cara de inocente, mas de santa não tem nada
Sei que não parece, pois ela disfarça bem
Fala pra mamãe que não dá mole pra ninguém

De segunda à sexta feira ela paga de princesa
E até passeia com o cãozinho
Sabadão no baile funk, a santinha tá no estante
E ela desce devagar, devagar, vem devagarinho

Essa mina é louca, bebe, vira outra
E dança pra todo mundo ver
Esse é seu esquema, também seu dilema
Hoje a filha chora e a mãe não vê

Essa mina é louca, bebe, vira outra
E dança pra todo mundo ver
Esse é seu esquema, também seu dilema
Hoje a filha chora e a mãe não vê

Essa mina é louca, bebe vira outra
Oh ou ou oh oh oh
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist?simnão

    feedback