Pago Calado

Bruno e Marrone

Vai embora às sete horas da manhã
Nem me beija quando vai se despedir
Fico sozinho, sozinho

Só me diz o preço por aquela noite
Me machuca, fere o peito como açoite
Pago calado, calado

Todo dia é um sufoco é uma tortura
Em pensar que pode estar n'outra aventura
Isso me mata, me mata, me mata

Estou apaixonado, estou perdido
Amor desesperado, amor bandido
Que jamais eu posso ter em minhas mãos
Te dou a minha vida o meu mundo
Não quero seu amor por um segundo
Eu quero seu amor por toda vida

Fica comigo
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist?simnão

    feedback