Ao Vencedor

Bispo Edir Macedo

Ao vencedor
Darei que se alimente da Árvore da Vida
E a segunda morte de modo algum dano nenhum lhe causará

Sobre a Minha mesa, com muita alegria
Lhe servirei do precioso e escondido maná

Ao que guardar Minhas Palavras
Minhas Obras até o fim
Não Me traindo nem se afastando de Mim
Sobre as nações com força e glória as regerá

Ao vencedor
Com vestes brancas, do linho mais fino o vestirei
E do seu nome jamais Me esquecerei
Diante do Pai, dos anjos o confessarei

Ao vencedor
Farei coluna do Santuário do Meu Deus
E escreverei seu nome bem juntinho ao Meu
Terá seu lar na nova Jerusalém

A ti sentar no trono
Comigo e o Pai, como Eu sentei
Porque venci

Quem tem ouvidos ouça o que o Espírito diz
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist?simnão

    feedback