Gigante de Ferro (Caminhão, Paixão e Saudade)

Barrerito?

Neste gigante de ferro
As vezes não vejo as horas passar
Lembrando de alguém que distante
De braços abertos me espera chegar
Ao longo da estrada que sigo
Só levo comigo saudade e paixão
O amor que me espera sorrindo
Ouvindo a chegada do meu caminhão

Enquanto o gigante desliza
Por sobre o asfalto escorregadio
Sonho e passo sem ela em sua cabine
Outra noite de frio
O amor que explode no peito
Reflete no brilho da pista molhada
Lembro da mulher que amo
E abraço o volante do carga pesada

Ao regressar vou sentindo
Que meu coração vai batendo mais forte
Ouço o chiar das turbinas
Por entre a neblina peço a deus muita sorte
Piso no acelerador quase louco de amor
Sou uma fera na estrada
Solto o machão na banguela
Vou pensando nela pela madrugada
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist?simnão

    feedback