Secret Service

Angélica e Ramone

Em uma manhã de maio
Em uma praia fora de Monterey
Ela andou sozinha na areia
Com os sapatos na mão
E deixou o seu pensamento divagar

Ele era um menino de Santa Cruz
Ele segurou a cabeça erguida
Com orgulho e alegria
E ele estava surfando
Ate onde as ondas se quebram
E cada onda era o seu brinquedo

E então ele a viu e sorriu
Ele nunca soube que uma criança tão linda
Com um cabelo crespo castanho
Voando solto no ar
Procurando ser delicado e suave

Mas ela finge ser tímida
E faz um movimento para ir andando
Ele é bonito e forte
Ela não anda muito longo
Vira e diz "oi!"

E o nome dele é Ramone
E o nome dela é Angelica
O que quer que os faz chegar a tanto
O mesmo ponto na praia
Sempre será desconhecido

Há histórias que dizem
Que a maré tem um balanço mágico
E que os cem anos de pinho
Tem um segredo divino
Que é cantado por uma concha

E eles sorriem e eles sabem
Pois seus corpos jovens
Lhes dizem isso
Que eles estão sozinhos no mundo
E cantam em silencio
Para mostrar os sentimentos

Assim, no sol da manhã quente
Enquanto o pássaro faz sua corrida
Fazendo um amor bonito
E o céu azul acima
Abençoou o dia que começou

Dois corações que voam como uma pomba
E gaivotas estão circulando no ceu
Nomes que estão esculpidos em pedra:
Angelica e Ramone

E eles sorriem e eles sabem
Pois seus corpos jovens
Lhes dizem isso
Que eles estão sozinhos no mundo
E cantam em silêncio
Para mostrar os sentimentos

Assim, no sol da manhã quente
Enquanto o passaro faz sua corrida
Fazendo um bonito amor
E o céu azul acima
Abençoou o dia que começou

E fazendo um amor bonito
E o céu azul acima
Abençoou o dia que começou
E fazendo um amor bonito
E o céu azul acima
Abençoou o dia que começou
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist?simnão

    feedback