O Ônibus

Amado Batista

Sossega, que nessa terra sempre tem um jeitinho
E onde só cabem 36, tem 126 a maior
Não me empurra que eu já vou descer
Naturalmente se eu sobreviver, neste ônibus
Não me empurra que eu já vou descer
Naturalmente se eu sobreviver, neste ônibus

Sossega, que sou um pobre de um trabalhador
Minha carteira você já levou, ou
Manda escrever, desça sem bater, por favor,
A minha casa já ficou pra trás
Tá um pouquinho lotado demais, este ônibus

Sossega, sossega
Não há jeitinho que resista ao desconforto disso aqui
Sossega, sossega
Minha cabeça, tá doendo, tá em tempo de explodir
Vamos abrir, este ônibus
Este ônibus, este ônibus, este ônibus
Editar playlist
Apagar playlist
tem certeza que deseja deletar esta playlist?simnão

    feedback